domingo, 20 de setembro de 2009

LINFEDEMA EM MASTECTOMIZADAS

O linfedema é uma complicação relativamente freqüente após tratamento cirúrgico do câncer de mama. A dissecção dos linfonodos axilares, decorrente dessa cirurgia, leva a uma insuficiência no sistema linfático, que pode associada ou não a outros fatores (como tipo de cirurgia, história de deiscência, infecção, tratamento radioterápico entre outros), ocasionar linfedema.
A reabilitação física, o controle e o tratamento do linfedema são realizados através de exercícios, cuidados com o membro, drenagem linfática manual e auto massagem. Importante ressaltar a necessidade de prevenção do linfedema, pois uma vez instalado torna-se difícil sua regressão total.

Exercícios: Tem como objetivo aumentar o fluxo linfático a partir da contração muscular, que propicia um bombeamento nas estruturas linfáticas. Por isso é apontado como uma das maneiras de se prevenir e tratar o linfedema, sendo imprescindível sua prática rotineira.
Os exercícios de alongamento: melhoram/previnem fibrose muscular, aderência tecidual e favorece movimentos na sua amplitude total.
Nos primeiros dias de pós cirurgia recomenda-se a realização dos exercícios cujos movimentos exijam uma menor força e menor amplitude, gradualmente deve-se aumentar a força, a amplitude, assim como a complexidade dos exercícios.
Realizar os exercícios sempre com os dois braços.Os exercícios não devem causar dor ou cansaço excessivo. Procurar identificar quais exercícios e quantas vezes se é capaz de repetir cada um, e progredir até o máximo de 10 repetições. Repitir esta série no mínimo duas vezes ao dia.
Lembrar de ir acrescentando os exercícios que da primeira vez talvez não tenha sido conseguido realizar. Se sentir dificuldade em realizar, procurar ajuda especializada.

Drenagem Linfática Manual: É uma técnica de massagem que visa aumentar a atividade dos linfonodos normais e promover o relaxamento e/ou amolecimento do tecido conjuntivo alterado

Auto Massagem: Consiste na realização de manobras em círculos, aplicados suavemente nas duas regiões ganglionares íntegras mais próximas, ou seja, na axila oposta ao linfedema e na virilha homolateral. Tendo como objetivo a intensificação dos efeitos obtidos pela Drenagem Linfática Manual realizada pelo terapeuta.

Atividades da vida diária:
Poderá se realizar as atividades diárias, evitando excesso de trabalho e esforço exagerado. Todo trabalho que se está acostumada a fazer pode ser realizado, desde que moderadamente. Fazer intervalos durante o trabalho, evitar repetir o mesmo movimento por muito tempo seguido. O tempo, as condições da cirurgia e o próprio limite são os fatores que determinarão se poderá ou não realizar certo tipo de tarefa.
Recomenda-se a realização de atividades de auto-cuidado e higiene como: alimentar-se, escovar os dentes, pentear os cabelos, banhar-se, maquiar-se, estimulando assim a movimentação do braço afetado.
Após a cirurgia que inclui a remoção dos linfonodos (gânglios linfáticos da axila), pode haver uma tendência para inchaço do braço. Este inchaço pode se tornar mais intenso se sua mão ou braço se infeccionarem ou se ferirem. Portanto, deve-se tomar precauções para impedir que isto aconteça.
No caso de infecção, poderá surgir com vermelhidão, dor ou inchaço com ou sem febre ou sensação de mal estar, deve-se ir ao médico imediatamente.

Sugestões práticas sobre os cuidados com a mão e o braço:
Evitar depilar a axila, devido à falta de sensibilidade na região; em caso do uso de "Gillette", pedir ajuda, assegurando que a pele não ficará com cortes;Evitar cortes, queimaduras, escoriações, picadas de insetos, pois podem ser a porta de entrada para infecções;
Cuidar das mãos e cutículas, evitando cortes e escoriações;
Usar creme à base de lanolina, que ajudará a manter sua cutícula macia;
Manter a pele hidratada a fim de evitar ressecamento e lesões;
Evitar exposição excessiva ao sol e utilizar filtro solar, (pele que recebeu radioterapia deve ser protegida do sol);
Evitar injeções, tirar sangue e verificar a pressão arterial no braço afetado;
Evitar carregar peso exagerado;
Manter o braço elevado sempre que possível facilitando a drenagem linfática;
Usar luvas e manga cumprida para cuidar do jardim;
Evitar o uso de jóias e relógios apertados no braço do lado da cirurgia assim como bolsas muito pesadas;
Evitar estiramentos ou tensão exagerados da musculatura do ombro, assim como movimentação repetitiva e prolongada por muito tempo;
Realizar exercícios físicos diária e sistematicamente; e auto massagem para prevenir o linfedema

Prótese mamária externa: O uso de próteses não tem somente a finalidade de melhorar a estética da mulher. É recomendado o uso de soutien com uma prótese mamária para manter a postura, evitando a elevação do ombro do lado afetado e o encurvamento da coluna vertebral devido à diminuição do peso ocasionado pela retirada da mama.Atualmente as próteses de silicone são confeccionada de modo a proporcionar conforto e tranqüilidade, além de estarem disponíveis no mercado variedades de preços e modelos.

Grupos de apoio: O propósito dos grupos de suporte é oferecer às pessoas com problemas similares de saúde, um espaço onde possam discutir entre si questões relacionadas à própria doença. Ao compartilharem seus sentimentos, recebe cuidado e apoio mútuo de outros que podem amplamente entender os problemas vivenciados individualmente.Os profissionais que se propõem a trabalhar com grupos de mulheres com câncer de mama podem ajudá-las fornecendo explicações e orientações sobre tratamentos, e problemas psicossociais. Os grupos de apoio procuram promover um ambiente que favoreça: suporte social, compartilhamento de sentimentos, desenvolvimento de habilidades para enfrentamento de situações difíceis, educação, informação e discussão de questões existenciais.

Auto-exame das mamas: Todas as mulheres, independentemente de terem sido submetidas a tratamentos para o câncer de mama, devem continuar com a prática do auto-exame das mamas.O auto-exame das mamas deve ser feito entre o 7º e 14º dia após a menstruação. Se você não menstrua regularmente ou já está na menopausa deve escolher um dia do mês e fazer o auto-exame das mamas sempre nesse dia.Se você palpar algum caroço ou alteração na textura da sua mama deve procurar um serviço de saúde. Lembre-se que pode haver alterações na mama que são normais; deve-se, no entanto, estar sempre atenta às modificações que não tenham sido palpadas

Exames de rotina: Um planejamento específico de acompanhamento deve ser efetuado com as mulheres que foram submetidas ao tratamento por câncer de mama. Da mesma forma, qualquer complicação proveniente da doença ou do tratamento deverá ser identificada e tratada o mais cedo possível.

2 comentários:

  1. Olá shirley, tudo bem? Meu nome é Camila..sou fisioterapeuta...e estou montando um projeto para estudar sobre a qualidade de vida em pessoas com linfedema...e gostaria de saber se voce conhece algum questionario validado na literatura cientifica especifico para avaliar QV em portadores de linfedema...por enquanto nao achei e se voce souber, agradeceria muito se me ajudasse! É isso! Parabens pelo site!

    ResponderExcluir
  2. Prezada Shirley: Antecipadamente cumprimento-a pelo belíssimo trabalho realizado com pessoas que necessitam da sua competêmcia profissional mas meu comentário aqui tem a ver com a sua propaganda no google sobre água da rainha da HUNGRIA. Peço-lhe o favor desvincular seu trabalho da propaganda de produto que leve esse nome pois tenho patente dele registrado no INPE,desde 2004 o que não impede de num futuro bem próximo e caso seja do seu interesse trabalharmos juntas na divulgação das maravilhas dessa água e de tudo o que será fabricado relacionado à ela. Para evitarmos possíveis problemas jurídicos procedentes de divulgação não autorizada da marca peço-lhe a retirada da sua propaganda do google, há uma agilização no sentido de que todas sejam retiradas,mas acredito no seu bom senso,profissionalismo e compreensão.
    Antecipadamente agradeço .
    Luzia Regina de Oliveira Domingues

    ResponderExcluir